Cabo: mulheres realizam ato por representatividade na política, nesta terça

O Centro das Mulheres do Cabo (CMC), realiza nesta terça-feira (8), Dia Internacional da Mulher, um ato público, a partir das 15h, em frente à Praça da Estação, no Centro do Cabo de Santo Agostinho, com o tema “Mulheres Unidas por Mais Direitos, Poder e Representatividade na Política”. De acordo com a integrante do CMC e coordenadora do Comitê de Monitoramento da Violência e do Feminicídio no Território Estratégico de Suape (COMFEM), Izabel Santos, as mulheres representam menos de 15% nos cargos de chefia e estão subrepresentadas na política partidária mesmo sendo a maioria do eleitorado brasileiro.
“Somos mais de 52,5% da população e não ocupamos de forma igualitária as câmaras, prefeituras, assembleias, congresso, senado e a presidência, pois estamos na luta incessante para nos elegermos e termos o direito de sermos eleitas e respeitadas como parlamentares, porque sofremos as diversas violências de gênero nesses espaços”, afirmou Izabel.
Este ano, a manifestação também tem como objetivo reafirmar a importância da conquista dos 90 anos do voto feminino, bem como, cobrar os direitos que não estão sendo efetivados no tocante as políticas públicas de saúde, educação, segurança, trabalho e renda. Além disso, visa incidir e refletir sobre os espaços de representatividade política que as mulheres ocupam.

A iniciativa conta com apoio da Secretaria Executiva da Mulher do Cabo, Associação Mulheres em Ação (AMA), União Brasileira de Mulheres (UBM) e o Grupo Mulheres de Negócios.

A organização do ato ressaltou que a manifestação respeitará todos os protocolos de prevenção contra a Covid-19. “As mulheres que estão sendo convidadas devem ter completado as três doses da vacina, e é indispensável o uso da máscara, álcool em gel e o distanciamento social, por conta da pandemia não haverá caminhada pelo segundo ano consecutivo”.
  • Últimas Notícias

  • Projetos